Review | Ao Cair da Noite

Review | Ao Cair da Noite

Ao Cair da Noite (It Comes at Night) é um thriller, não espere terror do tipo fantasmas e coisas sobrenaturais pois não é. Ele é mais psicológico, sabe? Você fica tenso, esperando as coisas acontecerem, e não faz ideia de quem são os vilões ou do que pode acontecer. Um filme cheio de metáforas, escolhas, humanidade, etc.

Eu saí da sala de cinema tão impactada, e feliz por ter assistido um filmão desse, que já faz quase 10 dias que assisti e ainda não digeri todo o filme e nem sei o que dizer sobre ele sem estragar toda a sua experiência com o filme.

Joel Edgerton, ator que faz Paul, chega a chocar com sua interpretação impecável. E também a fotografia com pouca iluminação, e a trilha sonora mais sombria foram pontos cruciais para manter toda a tensão para o suspense psicológico.

joel-edgerton-it-comes-at-night-social-media-image-750x354

Um vírus não identificado se espalhou, aterrorizando o mundo. Paul vive com sua esposa e filho em uma casa tão isolada que de fora parece abandonada, eles têm recursos escassos, e Paul vai fazer de tudo para protegê-los. Desconfiança e medo são sentimentos que lideram durante todo o filme.

it-comes-at-night-750x375

Pra mim, foi o melhor filme do ano até o momento. Gosto muito de coisas que tiram a gente da “caixinha”, que fazem pensar, que tiram da zona de conforto.

Não vou prolongar mais esse review, peço que você vá conferir o filme e venha contar pra gente  o que achou.

Estreia hoje, dia 22 de junho.

Avatar

Julianne Vituri

Designer e bookstagrammer, apaixonada por literatura, teatro, cinema, videogames, fotografia, moda, rock and roll e vintage. E viciada em vídeos de gatinhos.