League of Legends em clima de Carnaval brasileiro

League of Legends em clima de Carnaval brasileiro

Na última quinta-feira (23), a Riot Games divulgou uma matéria em sua página oficial contando um pouco de como foi o processo de criação da nova skin da Anivia, inspirada no Carnaval brasileiro.

Essa não é a primeira vez que a empresa desenvolvedora idealiza uma skin inspirada na cultura local: já tivemos a Nami Iara (2014) e o Hecarim Sabugueiro (2015) que, de acordo com a matéria, foram baseadas numa pesquisa feita pela equipe da Riot. Os 3 temas que se sobressaíram foram lendas, natureza e Carnaval. Este último sendo representado agora, pela skin Carnanivia.

A arte inicial foi baseada numa ilustração criada por uma fã argentina do game, Jesica “Artsed” Paulin. De acordo com ela, as skins anteriores da personagem tinham cores sombrias e apagadas. Decidiu, então, trazer vida ao desenho com cores fortes.
Anivia foi a primeira personagem a qual Artsed se dedicou a aprender a jogar e, por isso, resolveu homenageá-la com a arte.

Esboço da fanart criada por Artsed
Esboço da fanart criada por Artsed

Tendo sido estabelecido o conceito inicial, a equipe de criação americana conversou de perto com a equipe dos servidores brasileiros para entender quais aspectos deveriam ser ressaltados na skin. Após isso, combinaram com fatores que melhor se adaptassem ao estilo visual de League of Legends.

Além da criação da skin em si, a Riot se empenhou na criação de conceitos para o vídeo promocional de carnaval. De acordo com Leo “RudaTargeryen” Rudá, um dos maiores desafios foi o curto prazo. “Precisamos de uma dedicação muito intensa da equipe de animação. O diálogo foi constante e ainda teve um elemento extra: esta foi a primeira vez em que o estúdio trabalhou em algo no mundo dos games! Como se trata de uma produção em cascata, com interdependências muito grandes, precisamos alinhar e aprovar esses materiais com frequencia”.

Rudá ressaltou, ainda, que diversas reuniões feitas entre as equipes contaram com comunicação em Português, Inglês e Espanhol de uma vez só, o que forçou a todos a aprenderem novas maneiras de transmitir uma mesma ideia. “Quando vemos culturas diferentes trabalhando juntas, temos uma visão de 360º e não somente o ponto de vista do Carnaval brasileiro para o brasileiro”, completou.

Bom, já entendemos que o processo foi complexo, né? Mas o que importa é o resultado final e, certamente, todos nós amamos!

Doida pra garantir a minha skin.