Dono de gato: dicas para principiantes

Dono de gato: dicas para principiantes

Galera, resolvi fazer um post diferente hoje! Tenho alguns amigos que estão adotando gatos ou que pretendem adotar futuramente e muitos me perguntam como funciona, o que precisa, como são os cuidados etc. Por isso resolvi fazer um pequeno manual do que aprendi ao longo desses 5 anos sendo dona de felinos. 

Vamos aos tópicos!

Adotar gato filhote ou adulto?
Isso depende muito do seu objetivo. Se você quer um animalzinho pra acompanhar o crescimento, “sofrer” com a fase de destruição e que seja muito ativo, adote um filhote! Gatos filhotes são muito fofos. Eles são desengonçados, não sabem controlar as garrinhas direito e conseguem ser ainda mais curiosos do que o normal. É uma experiência gratificante e exige um pouco mais de tempo e dedicação.
Agora, se você procura um animal para ser o seu companheiro, que seja tranquilo e já tenha uma personalidade formada, adote um adulto. Eles passarão a maior parte do tempo dormindo, não exigem muita atenção. Você consegue viajar e ficar 3 dias fora sem problemas (deixando uma boa quantidade de água e comida, claro).

Vacinas
Uma das alegrias de ser ter gato é que são poucas vacinas por ano hahaha. Eles tomam apenas a quádrupla felina (que protege contra 4 doenças que podem infectar os gatinhos) e a de raiva. Também existe a vacina quíntupla, mas na maior parte dos casos ela não é necessária.
Fora isso, se o seu gato tiver acesso à rua, procure dar vermífugo 1 vez a cada 2 meses para tratá-lo caso tenha se contaminado com possíveis vermes. Se não tem acesso à rua, uma vez no ano já é suficiente, apenas como prevenção.

Castração
Muita gente ainda tem certa resistência em castrar seu bichinho, mas é meu dever alertá-los: um gato não castrado tem maiores chances de fugir e de marcar território dentro de casa.
Quando você castra um gato, ele se torna menos ativo e, muitas vezes, não sente a necessidade de sair de casa (isso se você castrá-lo logo filhote, antes dele conhecer a rua). Além disso, evita que ele faça xixi pela casa para marcar território. É bem mais prático e seguro ter um animal castrado.

A recuperação de machos é super simples e rápida, uma vez que a cirurgia é feita no próprio pênis e o corte é minúsculo. Já a de fêmeas exige um cuidado maior, uma vez que elas terão um corte relativamente grande na barriga e você precisa evitar que ela faça esforço físico (como pular, por exemplo).

Unhas
Gatos tem unhas retráteis. Isso significada que ele as coloca para fora quando quer, elas não ficam expostas o tempo inteiro. Gatos filhotes não conseguem controlar essa habilidade direito, normalmente eles mantém as unhas para fora o tempo todo e, por isso, você será arranhado com mais frequência se tiver um filhote. Mantenha as unhas de seu bichinho sempre aparadas para evitar acidentes. Na imagem abaixo você pode verificar a forma correta de cortar. Muito cuidado para não atingir a veia do gatinho!

unha_corte
Orelhas
Se você tiver apenas um gato, deverá limpar as orelhinhas dele ao menos 1 vez a cada 15 dias. É bastante simples: basta pegar um cotonete e passar externamente, onde você conseguir enxergar sujeirinhas. Nunca enfie o cotonete dentro da orelha do bichinho, a limpeza é só externamente mesmo. Caso ache necessário, existe um produto que você pode usar para facilitar a limpeza. Basta molhar o cotonete nele e passar na orelha.

Olhos
Alguns gatos (como persas, por exemplo) têm uma secreção que sai constante dos olhinhos. Isso é normal, desde que ela não tenha uma cor esverdeada/amarelada. Limpe os olhinhos deles com algodão molhado neste produto ou com soro fisiológico quando notar que estão muito sujinhos. Geralmente você notará uma mancha escurecida abaixo dos olhos.
Caso os olhinhos estejam irritados (com secreção estranha e meio fechadinhos), procure um veterinário.

Areia e Caixa de Areia
Gatos saudáveis só fazem suas necessidades em locais que possam enterrar. Por isso, você precisará comprar uma caixa de areia e areia para seu bichano. Caso tenha 2 gatos, o ideal é ter duas caixas.. mas você consegue manejar com apenas uma, caso a mantenha sempre limpa.
Existem vááários tipos de areia e eu indico que você teste para encontrar a de que mais gosta. Mas, para dar algumas dicas, vou dizer a minha experiência com algumas delas: para quem tem 1 ou 2 gatos, a de sílica é ótima. Ela é meio cara, mas absorve bem o xixi e você precisa retirar apenas o coco. Lembre-se de retirar toda a areia e lavar a caixa 1 vez por semana.

Para uma quantidade maior de gatos, indico a de de argila, que é a mais comum e baratinha. No caso dessa, quando o gatinho fizer xixi, você notará que se formará uma “pedra” para facilitar a retirada. Ou seja, diferente da sílica, nessa você precisará retirar o xixi e o coco. Existe também a areia feita de serragem, mas eu particularmente não gostei. Apesar dela disfarçar bem o cheiro de xixi, ela esfarela e o gatinho sai espelhando esse pozinho pela casa inteira.

Caixa de Areia | Ter gato
Além da areia, você precisará escolher uma caixa. Existem diversos tipos também, desde a mais simples (que é apenas uma bandeja) até a mais elaborada (que se assemelha a uma casinha). Depende da sua necessidade e da quantidade de gatos que você tiver.
Ah! Não se esqueça de comprar uma pá para retirar coco e xixi da caixa.

Ração
Da mesma forma que com os cachorros, para gatos existe uma variedade muito grande de rações. Indico pesquisar uma que não tenha corantes e, se o seu gato for castrados, existem as específicas para eles também.
Além disso, existem as que servem para controle de peso, as que são específicas para uma raça, as para gatos idosos, para gatos filhotes etc. Tudo vai depender de qual gatinho você escolher adotar.

Brinquedos e Acessórios
Gatos são animais que enjoam facilmente de brinquedos e de caminhas. Eu não indico que você invista uma grana preta nesses itens, uma vez que ele vai usar durante um tempo e depois deixar de lado. Concentre-se em ter caixas de papelão (deixe pela casa por alguns dias, quando você receber alguma encomenda, por exemplo), fazer bolinhas de papel, cortas pedaços barbante.. essas coisas já são suficientes para você brincar com seu gatinho. Fora isso, procure ter um arranhador feito de papelão, como este aqui. Isso ajudará a evitar que o seu gatinho afie as unhas nos móveis.

Arranhador | Ter gato
Imagem retirada de: http://arranhadorparagatos.com.br/

Sobre caminhas, na hora de dormir o próprio bichano irá buscar um local da casa em que se sinta confortável para tirar sua soneca: sofá, uma cadeira, tapete e afins. Geralmente um lugar fofo e quentinho, não precisa ser necessariamente uma caminha só dele. Ele poderá até usar a sua cama e/ou seu travesseiro. 

Ufa! Acho que é isso, galera. Imagino ter conseguido abordar os principais tópicos. Se vocês tiverem algum questionamento além do que já citei aqui, podem entrar em contato através dos comentários que eu responderei.

Beijos.