Como Saintia Shô dialoga com o cânone de Cavaleiros do Zodíaco?

saintia-sho-art

Toei Animation surpreendeu a comunidade de Cavaleiros do Zodíaco com o anúncio de Saintia Shô, no final de 2016. Dois anos se passaram e finalmente os fãs puderam sentir o sabor desse anime que promete muito.

Adaptação do mangá homônimo, lançado em setembro de 2013, a obra audiovisual acertou no tom do episódio piloto, exibido no último dia 10 de dezembro, trazendo um enredo que bebe muito da já conhecida narrativa vista no universo criado por Masami Kurumada, traços primorosos na animação e, claro, muito fan service – conquistando a atenção dos fãs mais nostálgicos e que sempre ficam com um pé atrás com os novos produtos relacionados a CDZ.

A partir desta semana, o Nerd e Diva trará reviews à cada episódio inédito de Saintia Shô, disponibilizado no serviço de streaming Crunchyroll. Cada capítulo é lançado na plataforma toda segunda-feira, por volta das 11h (de Brasília).

Aparição de Milo logo no primeiro episódio já mostra como Saintia Shô vai se relacionar com os acontecimentos clássicos de CDZ
Aparição de Milo logo no primeiro episódio já mostra como Saintia Shô vai se relacionar com os acontecimentos clássicos de CDZ

Acontece que Episódio 1 – As Irmãs do Destino! Shoko e Kyoko já traz logo de cara situações que fogem um pouco do que fora apresentado tempos atrás com o anime clássico, ficando uma dúvida: como que Saintia Shô dialoga com o cânone de Cavaleiros do Zodíaco?

Mesmo sendo um spin-off, a adaptação deixou claras impressões sobre como vai respeitar maior parte das informações oficiais vistas na famosa Saga do Santuário – pelo menos num primeiro momento. O principal recurso para isso é a explicação das Saintias.

As guerreiras apresentadas nesse novo anime cuidam da defesa de Atena, a Deusa da Justiça. Ou seja, elas não atuam na linha de frente das batalhas travadas pelo exército – o que serve como licença-poética para novas aventuras serem exploradas mesmo com todo o perigo que cerca Atena no universo clássico, como o Santuário, Asgard, Poseidon e Hades.

A guarda pessoal de Atena é formada pelas Saintias
A guarda pessoal de Atena é formada pelas Saintias

O fã precisa ser flexível e não seguir à risca a narrativa oficial para curtir Saintia Shô, que se propõe realmente a beber muito dos acontecimentos oficiais para dar um gás diferente para o público, abraçando todos os perfis.

Algo semelhante a Alma de Ouro, spin-off que acontece em paralelo à parte final da Saga de Hades e que, mesmo parecendo um pouco forçado dessa perspectiva, trouxe uma narrativa que conquistou novos fãs e deixou satisfeitos os mais antigos.

Assim, algumas situações podem ser relevadas, como Saori Kido. A personagem já sabe desde o início de Saintia Shô sobre seu destino como deusa protetora da humanidade, uma vez que no anime clássico ela só tem conhecimento sobre isso tempos depois da Guerra Galáctica.

Os Cavaleiros de Ouro terão participação fundamental em Saintia Shô - tanto para o bem como para o mal
Os Cavaleiros de Ouro terão participação fundamental em Saintia Shô – tanto para o bem como para o mal

Até mesmo como alguém que não leu o mangá, o autor aqui se reserva ao comentário sobre como está curioso demais para ver como será esse diálogo entre Saintia Shô e os acontecimentos oficiais – principalmente envolvendo os Cavaleiros de Ouro.

Isso porque os Dourados aparecem fortemente no material de divulgação, assim como na abertura e encerramento do anime, além da apresentação imediata de Milo de Escorpião logo no começo do episódio piloto.

No prólogo do capítulo dois, inclusive, vemos até mesmo Jabu de Unicórnio rapidamente, assim como o Grande Mestre. Fica a dúvida para ver se esse apego aos acontecimentos oficiais se manterá ao decorrer de toda a saga, ou então teremos mudanças bruscas ao decorrer dos episódios – principalmente no que se refere à revelação de Saga de Gêmeos como o Grande Mestre do Santuário, um dos pontos mais altos do anime clássico.

Jabu é mais um dos rostos conhecidos do universo cânone de Cavaleiros do Zodíaco em Saintia Shô
Jabu é mais um dos rostos conhecidos do universo cânone de Cavaleiros do Zodíaco em Saintia Shô

De qualquer forma, Saintia Shô não terá problema nenhum em se misturar com o universo oficial, muito menos preocupação em amarrar todas as pontas, se tornando uma obra não-cânone, mas que tentará ao máximo respeitar a história já conhecida pelos fãs nos primeiros arcos e não parecer algo forçado como os famosos longa-metragens que Cavaleiros do Zodíaco já teve no passado.

Luiz Queiroga
Luiz Gustavo, 24 anos, é um jornalista especializado em Esports que escreve principalmente sobre Rainbow Six Siege para a ESL BRASIL - e um cavaleiro de Atena nas horas vagas. TOCA BON JOVI!