Review & Coletiva | Polícia Federal – A Lei É Para Todos

nerdediva_policiafederal_review

Como havia dito na sinopse do filme, espero que todos já tenham guardado aquele dinheirinho para ir ao cinema nesse feriado. O filme Polícia Federal – A lei é para todos, vai ter a estreia nessa semana, dia 7 de Setembro.

O filme não é um documentário, caso não tenha deixado isso claro no post anterior, e conta do ponto de vista do delegado e sua equipe da Polícia Federal, sobre a maior investigação contra corrupção e lavagem de dinheiro da história do nosso país, a Operação Lava Jato, que está aí nos noticiários a mais de três anos.

Polícia Federal – A lei é para todos, foi inspirado no livro de mesmo nome, escrito por de Carlos Graieb e Ana Maria Santos.

nerdediva_interno-policiafederal

E é um thriller brasileiro, e vou te contar, gostei do filme de uma forma que me deixou totalmente surpresa, porque? Porque achei muito bom.

Não sou uma crítica renomada de cinema, mas gosto de assistir filmes, e digo que achei que foi incrivelmente bem filmado, o cenário em que elas foram filmadas me deixaram impressionadas, e tem cenas de perseguição com carro, helicópteros e tudo o que tem direito.

Quando a gente se lembra de ‘Operação Lava Jato’, já vem aquele noticiário (geralmente um saco, mas importante) e o filme foge completamente disso, ele conta a história de toda essa barbaridade de forma dinâmica, os personagens, que foram baseados em diversos Policiais Federais, me fizeram torcer, chorar e até mesmo rir.

Vou dizer ainda mais, que tenho um personagem favorito nesse filme, o Julio Cesar, esse é o tipo de personagem que explode com tudo, depois arruma a camiseta, toma uma água e vai planejar outra forma de pegar o acusado na próxima.

Acho válido assistir ao filme, até mesmo como uma forma de entender um pouco e de forma bem abrangente também (lembrando não é documentário) do que está acontecendo no país.

P.S.: Spoiler alerta, tem um tal japonês que aparece no filme. Fiquem que tem cenas pós-créditos.

Nota: nota_1nota_1nota_1nota_1nota_1

nerdediva_interno-policiafederal-2

COLETIVA

Logo após o filme participei de uma coletiva de imprensa com os atores, o diretor Marcelo Antunez e o roteirista do filme, para tirar algumas dúvidas dos jornalistas.

Logo de cara, ele deixou claro que fez um filme que tem uma mensagem a ser passada, que não é opinião pessoal e sim um filme que é baseado livremente na Operação Lava Jato e que ele gostaria que o filme ajudasse algumas pessoas a entender o que está acontecendo no país.

O diretor adorou fazer as cenas de ação precisou improvisar algumas coisas para as cenas, mas o que mais queria e aparentemente conseguiu, foi fazer com que as pessoas gostassem das partes emocionantes, mesmo a historia real sendo cinematográfica por si só.

Quanto aos protagonistas.

Na história real são muitos agentes, muitos policiais e outros tantos investigadores, então os personagens principais são inspirados em alguns desses policiais, mas nenhum em especifico, já que ele deixou claro que são personagens de um filme de ação. Agora os investigados, já é outra história, eles são pessoas reais e ele não queria deixar o filme confuso, por isso os nomes dos investigados não foram modificados.

Referências para fazer o filme.

E ele confirmou que viu algumas referências sobre thrillers americanos, mas queria fazer algo que fosse autenticamente brasileiro e sabia que seria comparado aos filmes estrangeiros. Com essas referências, ele sentiu que poderia equilibrar a realidade com a licença poética, sem mexer tanto na questão que é a Operação Lava Jato, e ele espera que as pessoas consigam ver algo de bom e brasileiro no filme.


E já adiantado que vão ter continuações (trilogia detect). A história da Operação Lava Jato ainda não terminou, não é mesmo?

Caçadora profissional de pokémon, atualmente morando em uma secret base na rota 20. Designer secretamente apaixonada por coisinhas fofinhas, finais felizes, jogos não-fofinhos, spoilers e ler a última página dos livros.