Review | Filme Atômica

atomica_capa_vigilia_nerd-775x445

O filme Atômica foi baseado na HQ do Antony Johnston com o Sam Hart de 2012. Em breve terá review da HQ aqui também.

Dirigido por David Leitch – ele também é o diretor do Deadpool 2, que estreia em 2018. Leitch soube exatamente como trazer o clima dos quadrinhos às telas. Mesmo quem não conhece a existência da HQ, vai conseguir sentir esse clima quadrinista por conta do enquadramento, cores e fotografia.

Apesar da narrativa lenta e confusa, a trilha sonora oitentista é divina e contrasta muito com as cenas. O figurino também me encantou. Mas o que não pode deixar de ser citada é interpretação magnífica de Charlize Theron (Mad Max, Monster, etc), como Lorraine Broughton, agente do MI6.

As cenas de luta são, de longe, as melhores que já assisti. Eu mal consegui piscar.

São carregadas de girl power, mas sem esquecer de deixá-las com um toque de realidade. Lorraine é totalmente badass, mas também apanha muito, sangra, sofre, se enche de hematomas e etc.

atomica_charlize

O filme começa com o assassinato de um agente secreto do MI6 pelas mãos de um agente da KGB. Lorraine é enviada para recuperar uma lista de todos os agentes secretos, antes que os russos possam pegá-la.

Chegando em Berlim,  ela conhece o chefe britânico da investigação, David Percival (James McAvoy – o jovem professor X, de X-Men) mas ele tem seus próprios planos antes mesmo de ela chegar.

6238e83bbadd91dfbb52505a578a1af3f24dce34460d1c852704f2a4d8e9b0a3

Nesse tempo, conhecemos uma novata espiã francesa, Delphine (Sofia Boutella – Kingsman, Star Trek), no início ficamos intrigados com ela, mas já nos encantamos assim que ela aparece de verdade.

Aliás, acho que pecaram muito em não desenvolver mais detalhes sobre Delphine, ela é encantadora e deu uma boa dose sexy e misteriosa ao filme.

Atomic Blonde (2017)

Depois, o filme passa por alguns momentos mais lentos. E achei que o final foi bem confuso.

Mas vale muito a pena, pois além de ser repleto de cenas visualmente bonitas e dar um show de coreografia de lutas, o filme prende o espectador. Principalmente se ele gostar do gênero.
Confere o trailer e corre pro cinema!

“Lembre-se: Não confie em ninguém.”

Nota: nota_1nota_1nota_1nota_1nota_2

Designer e bookstagrammer, apaixonada por literatura, teatro, cinema, videogames, fotografia, moda, rock and roll e vintage. E viciada em vídeos de gatinhos.