A minha experiência com implante de silicone

silicone

Olá, pessoas! Tudo bem?

Resolvi escrever para vocês sobre a minha experiência com o implante de silicone mamário. Muita gente vem me perguntar como foi, o que eu tive que fazer, como é ter silicone etc.. e esse texto é justamente para tentar tirar algumas dúvidas. Se tiver algum ponto que eu não aborde aqui, me perguntem nos comentários.

Quero colocar silicone. O que eu preciso fazer?
Primeiramente você deve buscar um bom médico. No meu caso, pedi indicações para diversas pessoas e escolhi um para me consultar. Como já gostei dele de cara, acabei não procurando por outros. O médico é quem vai te orientar direitinho sobre o tipo de prótese que melhor se adapta ao seu formato de corpo e ao que você quer.
Tire todas as dúvidas que você tiver, pergunte sobre TUDO o que vier na cabeça para que você não se sinta insegura depois.

Ok, médico escolhido. E agora?
Depois de escolher o médico, ele provavelmente vai te pedir uma série de exames para verificar se você está apta a fazer a cirurgia. Além disso, vai te explicar quais são as melhores opções de prótese para você.
– Existem diversos tipos: perfil alto, baixo, anatômico, próteses lisas, texturizadas, de poliuretano.. e quem vai decidir a melhor é o médico. Isso vai depender muito da experiência e da opinião dele sobre o que é melhor. Varia bastante de médico para médico.
No meu caso, a escolhida foi perfil alto, prótese texturizada.

silicone

– Outro ponto é o tamanho. Você precisa ter alguma referência de como quer que os seus seios fiquem (procure fotos na internet). A partir daí, o médico decidirá qual o tamanho indicado para chegar no resultado que você quer.
Eu coloquei 320ml em cada seio.

– Além disso, ele vai analisar se a sua prótese deverá ser colocada atrás do músculo ou à frente do músculo. Normalmente se coloca à frente. O médico optará por colocar atrás somente em casos muito específicos. Aí vai depender da análise dele referente ao seu corpo.

– Por fim, o médico decidirá como a prótese será implantada: se por baixo dos seios, pela axila, pela auréola.. esse aspecto também vai da preferência do médico. A minha foi por baixa dos seios. O corte é super pequeno e quase imperceptível.

silicone

A cirurgia
Após definir todos os detalhes, enfim a cirurgia está para acontecer. Um dia antes ou no próprio dia, o médico realizará uma série de marcações ao redor dos seios. Essas marcações são uma referência para que ele saiba onde deve mexer. Feito isso, você será encaminhada para a sala de cirurgia.
No meu caso, foi aplicada uma anestesia geral. Acredito que em qualquer cirurgia de implante de silicone seja dessa forma. Acordei umas 4~5 horas depois de ter apagado.

O pós-operatório
No primeiro dia, ainda no hospital, o médico instruiu que eu não me mexesse. Portanto, nada de levantar. No segundo dia já recebi alta e pude voltar para casa.

Como vocês já devem ter ouvido falar, o indicado é que a gente movimente os braços o mínimo possível. Você ficará, sim, muito dependente de outra pessoa durante esse período. Portanto, se programe para que sempre tenha alguém disponível para te ajudar.
Meu médico me prometeu um período de recuperação de 3 meses. Nesse meio tempo, ele foi liberando alguns movimentos aos poucos. Voltar a fazer esforço físico só ao final da fase de recuperação mesmo.

Eu não senti dor nenhuma durante os 3 meses inteiros. Apenas um desconforto ao deitar e levantar da cama. A sensação é de que tem algo muito duro e pesado preso ao seu peito. Essa sensação foi sumindo com o tempo.

Durante alguns meses, o médico indica que você utilize um sutiã específico o tempo todo (só tira para tomar banho), que serve para manter os seios no lugar até que tudo cicatrize e sua prótese assente corretamente. É muito importante que você o utilize! Apesar de existirem vários modelos, ele é feio mesmo, já tenha isso em mente.

sutiã pós-operatório silicone
Informações extras
– Você deve higienizar o corte todos os dias, não só no banho, mas ao longo do dia com produtos específicos indicados pelo médico.
– Retirei os pontos depois de 10 dias. Achei que fosse doer, mas a retirada é super tranquila.
– Os meus seios só ficaram totalmente naturais depois de uns 8 meses (contando a partir do dia da cirurgia).
– Tomei remédios bem fortes para dor somente nos 5 primeiros dias.
– Não usei cremes para prevenção de estrias. O médico constatou que eu tinha pele suficiente para ser esticada e não seria necessário (ele estava certo, não apareceu nenhuma estria).
– Depois de tudo ter cicatrizado direitinho, o médico me receitou duas pomadas para utilizar em cima da cicatriz: uma para clareá-la e outra para que ela não fique “alta”.

Bom, acho que consegui abranger todos os aspectos. Espero que tenham gostado!
Beijos. 

Paula Pinter
Nerd, 28 anos, paulistana, conhecida também como Minorith nos joguinhos online, Lead de Comunicação da BBL / ESL Brasil, streamer ~de vez em quando~, "a tia louca por gatos", formada em Administração, apaixonada por marketing digital, fã de coisinhas cute, música, tecnologia e de um bom livro.