Resenha: Quando uma Garota entra em um Bar | Helena S. Paige

Resenha livro Quando uma garota entra em um bar

Olá pessoas! Tudo certo por aí? Trouxe uma resenha super legal pra quem adora se divertir e ler novos tipos de livros. Trate-se do livro Quando uma Garota entra em um Bar, da autora Helen S. Paige e publicado aqui no Brasil pela Editora Novo Conceito. Acontece que esse livro não é um livro comum e qualquer: ele te dá o poder de escolher o que VOCÊ quer fazer em diversas situações. Você entra em um bar e… pode escolher conversar com um estranho ou tomar um drink sozinha, por exemplo. É um livro que eu aconselho para leitoras maiores de 18 anos por que ele é um pouco apimentado/hot.

Como eu já falei, nesse livro, você tem o poder de tomar as decisões e isso é genial. A questão é: o livro nos faz tomar as decisões e lidar com as consequências delas. Você pode escolher comer uma pizza e assistir a um filme sozinha em casa ou sair com as amigas e ir pra casa com um cara estranho que você conhece no bar e assim por diante. E uma coisa muito legal desse livro é que você pode ler ele várias vezes e terão situações diferentes.

É um livro que me chamou a atenção justamente pelo jeito que ele é escrito e por que é muito divertido. Você as vezes acha que suas escolhas são óbvias e que tudo vai dar na mesma, mas resolve testar outras escolhas e se surpreende com elas. É incrível quando um livro/autora te dá esse poder de escolha. Ele é um livro bem rapidinho de ser lido por que tem bastante dialogo e é bem divertido, então você se empolga com as decisões e quando vê já terminou e tá recomeçando ele! 😛

Se eu contasse “tudo” sobre o livro, eu daria um spoiler gigante pra vocês, então vou deixar só uma base da história, que é basicamente o começo, a partir de onde você começa a tomar as decisões sozinhas. Você está se preparando para sair com suas amigas, aquela típica noite das garotas, mas elas furaram com você e você de repente se vê sozinha em um bar bem legal, arrumada, cheirosa e sem saber pra onde ir ou o que fazer. E aí, o que você faz? E a partir daí, o livro te dá algumas opções e você tem que decidir o que fazer de agora em diante.

Espero muito que vocês gostem e se divirtam lendo esse livro, assim como eu me diverti. 😉

Avatar
Eu não perco uma partida de Mortal Kombat se eu picko a Sindel. Amante de tudo que dá pra jogar (de jogo-da-velha à Mario Kart), queria ser da Disney e jogaria Zero Escape mil vezes por ano.