Resenha: A Vida do Livreiro A.J Fikry | Gabrielle Zevin

a vida do livreiro a.j. fikry

Oi pessoal, tudo certo? 🙂 Trouxe mais uma resenha pra vocês! E esse livro é muito especial pra mim, por que eu sou uma pessoa que simplesmente ama ler livros que tenham relação com livros, leitura, leitores em geral e esse livro é maravilhosamente repleto disso. Quando eu terminei de ler, ele entrou rapidamente pro meu top 10. (10 por que 5 é MUITO difícil de escolher!).

O livro se chama A Vida do Livreiro A.J Fikry, da autora Gabrielle Zevin e foi publicado originalmente no Brasil pela Editora Paralela.

A.J é proprietário da pequena e única livraria no centro da cidade de Alice Island, onde morava num também pequeno apartamento em cima da sua livraria. Desde que perdera sua esposa para um acidente de carro alguns anos atrás, sua vida era praticamente gerenciar a livraria, comer comidas congeladas e ler seus romances preferidos. Seus dias eram calmos e monótonos. Numa noite qualquer, depois de um pouco de vinho demais e uma soneca não programada, ele descobre que seu raro exemplar de Tamerlane, uma compilação de contos de Edgar Allan Poe de valor inestimável, sumiu. Suas esperanças eram que ele pudesse vender o livro para ajudar nos negócios, que iam um pouco mal por causa do modelo de vendas online que ele decidira não aderir.

Com esperanças de ter seu livro de volta, Fikry faz queixa na delegacia e conhece Lambiase, o policial americano que é o perfeito esterótipo do mesmo: gordo, louco por donuts e com uma paixão por literatura policial. Ele passa a estar presente em muitos momentos da vida de Fikry e os dois começam a ter muitas conversas sobre literatura e coisas no geral. Outra personagem bem legal também apresentada no livro é Amelia, uma representante de vendas um pouco irritante que vive empurrando vários livros do catálogo de lançamento para o livreiro.

Um pacote muda a vida de A.J Fikry. Um pequeno e um tanto quanto pesado pacote que aparece em um dia em seu livraria. A partir daí, ele consegue fôlego e toda força necessária para recomeçar e trazer mais vida e esperança para todos os moradores de Alice Island e também um pouco de magia para a sua livraria.

Esse livro é maravilhoso em todas as palavras.

“Nenhum homem é uma ilha; cada livro é um mundo”.

Avatar
Eu não perco uma partida de Mortal Kombat se eu picko a Sindel. Amante de tudo que dá pra jogar (de jogo-da-velha à Mario Kart), queria ser da Disney e jogaria Zero Escape mil vezes por ano.